Blog

Futuro guarda momentos ainda mais difíceis

22/11/2016

Resultado das eleições em 2016 aponta crescimento da direita conservadora e ameaça os direitos trabalhistas conquistados nas últimas décadas

 

As últimas eleições no Brasil registraram a queda da esquerda frente ao conservadorismo da direita. O número de cidades comandadas por gestões petistas, por exemplo, caíram de 644, em 2012, para 256 no 1º turno deste ano. Em tempos de crise, prefeituras endividadas e serviços como o de limpeza urbana sendo constantemente prejudicados, a expectativa é por tempos ainda mais difíceis para os brasileiros. 

Para Jair Carlos Vieira, secretário Geral do Sindi-Asseio, nem todo trabalhador se recorda das perdas trabalhistas registradas durante os governos federais da direita. “Quando um partido conservador ganha, os trabalhadores saem perdendo e os empresários costumam ser beneficiados. Mesmo com todos os erros da esquerda, os nossos direitos eles respeitaram. Agora, eu temo que possamos perder o que lutamos por décadas para conquistar”. 

Condição x situação

O doutor em História, Rodrigo Lopes, professor do UNIBH, também afirma que o crescimento da direita conservadora ameaça os direitos sociais. Para ele, os motivos desse crescimento foram os erros dos governos petistas que apostaram na melhora da condição social por meio do consumo, mas que provocou o endividamento da população. 

“Com mais oferta de crédito, os brasileiros puderam comprar mais. Isso motivou a economia, melhorando a condição de vida. Milhões saíram da pobreza extrema e a classe C cresceu bastante. Mas, com mais crédito, ela ficou endividada e a situação social do brasileiro permaneceu frágil. Por isso, estamos vendo milhões passarem aperto financeiro agora”. 

Para Rodrigo, o que altera a realidade para melhor é educação de qualidade. “Não me refiro apenas à educação formal, escolar. Eles deveriam ter preparado essa geração para lidar com o aumento da renda e calcular melhor os gastos”. 

Crises interferiram nas eleições

Ainda para Rodrigo Lopes, a esquerda se afastou da realidade. “Com os últimos escândalos de corrupção envolvendo quem estava no poder, o resultado foi o que vimos nestas eleições”, contou. Jair avaliou que a população se esqueceu que, mesmo com os escândalos recentes, o governo de esquerda do PT garantiu ganhos sociais e trabalhistas. “A direita é historicamente marcada por atacar os nossos direitos e por priorizar os empresários. O trabalhador pode esperar pelo pior”. 

Quem precisa driblar a crise para sustentar a família, o futuro incerto não é nada favorável. É o que pensa Jose Ubirajara, que trabalha no setor de conservação dentro da Fiat Automóveis. “Eu não acredito mais em político nenhum. A gente que é trabalhador sofre com essa falta de vergonha desses que estão no poder. No Brasil o rico come o bolo inteiro e o pobre fica com o farelo. A ganância está destruindo o nosso Brasil e isso tem que mudar”, completou.

VOLTAR

Endereço

Betim

Rua São Vicente, 18, Centro,
Betim - MG - CEP: 32600-070

Contagem

Rua Jequitibás, 393, Eldorado,
Contagem - MG - CEP: 32310-390

Contatos

Telefone: +55 (31) 3531.2367

E-mail: sindiasseio.sedeadm@outlook.com